Voei nas asas de um anjo

 

 

 

Voei nas asas de um Anjo
e cortei o Céu,
entreguei a dor,
escrevi um Desejo nas estrelas
que enfeitam o Céu e têm o teu sorriso.
Voei noite e dia,
no meio das tempestades
procurando por um amor…
Até que numa noite de luar
perdi-me quando
me cruzei com os teus olhos
e ainda não me encontrei.
Entreguei–te a minha alma
quando a Lua encanta a noite,
quando nada parece ter sentido
e chorei lágrimas que traziam o teu nome…
Eram frases aconchegantes,
de veludo como as nuvens…
Chorei porque encontrei
o que há muito procurava:

O Amor!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Anjo. ligação permanente.

Uma resposta a Voei nas asas de um anjo

  1. Maria do Ceu diz:

    Olá Linda, se tudo na vida fosse assim…a vida era mesmo composta só de anjos… mas creio que os anjos que nós pretendemos…ou pelo menos falo por mim andam perdidos…"os anjos existem"…sim eu sei… e é também só pelo meu anjo que eu vou voando…as asas começam a ficar um pouco cansadas e tenho muito medo de mim própria…pois quando começo a ficar sem as minhas forças não é muito bom…é mau sinal…ah! quanto eu daria neste momento poder partir e voar, voar sem destino algum, sem ter nada nem ninguém para falar, apenas o meu anjo que iria comigo e claro ter que ia escutá-lo, dar-lhe de comer enfim…Amor…sim por ele tenho chorado muitas lágrimas, lágrimas essas que por vezes são sangue no meu peito …e ontem mesmo tenho a confirmação que não vale a pena chorar mais por esse tal Amor…pois começo a sentir vazio o lugar dele…Mas fico feliz por ti AMIGA, por tu teres encontrado…eu acredito que um dia também irei encontrar…nem que seja o Amor do meu Anjo…neste caso da minha Anjinha INÊS…para ela um beijo de tamanho incalculável… é difiçil exprimir o quanto ela é importante e o valor dela em minha vida…para ti um beijo especial…As Folhas da VidaAs folhas caídase amarelecidas,que rolam pelo chãosão como as ilusõesperdidase esmorecidasno borralho das paixões,ou as cinzas enegrecidasdas lavas incandescentesexpelidasdas entranhasde um vulcão… As folhas da paixãosão desilusãoe frustração,e as que apodrecemno coraçãopadecemda rejeiçãoquando não merecemser compaixãoporque as coisasnunca acontecemsem razão… As folhas caídasda minha vidadescoloridasão dormerecidada ambiçãodesmedidae desiludidaque o tempofez feridae depoisse encarregoude desprenderdo sonho falidopara mereceruma nova chancede ser vivido…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s